segunda-feira, 11 de setembro de 2017

O Tempo

Nos giros dos ponteiros,
Eu me perco inteiro.
A cada batida,
Meu coração chora e desespero.

Passe mais devagar,
Não me faça pirar
Neste mundo, nesta vida,
Que uma hora é céu, outra é mar.

Com lágrimas imploro,
Pelos segundos perdidos.
Apavoro e choro,
Não serão esquecidos.

Oh como desejo que o tempo parasse!
E quando o sol despertasse,
Tempo sobrasse,
E minha vida retornasse.

2 comentários:

  1. Miga, tu escreveu isso? Como consegue???? Ficou tão lindo! Eu não saberia criar algo assim, mas é gostoso saber que conheço blogueiras que conseguem <3

    Beijão!
    milenaschabat.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, fui eu! Meu primeiro poema! Foi escrito em um momento bem complicado sabe? Acho que está recheado de sentimentos.
      Awww nem sei como responder tanto carinho <3
      Beijos

      Excluir

Pin It button on image hover