sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Orgulho e Preconceito (Jane Austen)


ISBN: 978-85-8070-019-0
Título Original: Pride and Prejudice
Tradução: Marcella Furtado
Editora/Cidade: Landmark/São Paulo
Ano de Publicação: 2012
Páginas: 445
Classificação:  5/5
Links: Submarino

Os moradores de Hertfordshire se agitam com a notícia de que chegará um novo morador à Netherfield Park, principalmente a sra. Bennet que desde então já o considerava como um pretendente para uma entre as suas cinco filhas moças. Tal fato é ainda mais esperado com os boatos de que ele é um moço de elevada posição social.


Logo após sua chegada houve um baile, e o Sr. Bingley conquistou os demais com sua educação e gentileza, Jane, a mais velha das Srtas Bennet, foi à sortuda com quem ele dançou duas vezes. As mesmas afeições não foram demonstradas ao seu amigo, o Sr. Darcy, cujo mostrou - se orgulhoso e não se deu ao trabalho de se relacionar com as pessoas presentes no baile, conversando apenas com o seu próprio grupo.

Tais sentimentos a respeito deste último só foram mais acentuados conforme sua presença nos jantares ao qual o Sr. Bingley era convidado. Elizabeth Bennet, a segunda filha, desde o princípio não tolerava os modos do Sr. Darcy, e quando referia – se a ele não deixava de esconder sua impertinência.


A sra. Bennet, mãe das moças não me agradou com seus modos, em alguns momentos eu me revoltei com a sua falta de sensibilidade, mas por fim acabei achando graça de tamanha ignorância. Dentre as filhas, a que mais se assemelha de sua personalidade é a Lydia, por quem não me simpatizei.

O Sr. Bennet me chamou atenção pela maneira que ele consegue lidar com a esposa, e sua sinceridade em relação às filhas.

Jane mostrou ser uma moça cativante e encantadora, além de ser muito bonita, possui uma gentileza tão grande com as pessoas, que é incapaz de acreditar na maldade. Apesar de eu ter gostado dela, sua inocência às vezes me irritava.


Elizabeth foi à que de fato tornou minha personagem preferida, sem dúvidas. Suas características marcantes são tantas, como a maneira que ela consegue raciocinar e compreender os fatos sem se magoar, superar as dificuldades, possui um bom caráter e sabe fazer juízo das pessoas, pois apesar de algumas vezes errar sobre seus julgamentos, ela não os usa para prejudicar, sabe o momento certo de agir e de voltar atrás, não se intimida por confrontações e nem tem medo do futuro, apenas sabe que as decisões e escolhas não é meramente joguinhos, além de a sua visão ser mais realista dos fatos e acreditar na maldade e injustiça.


Muitas pessoas haviam me falado que o livro era muito bom e até coloquei – o na minha lista de livros para ler em 2015, mas nenhuma recomendação superou meus sentimentos depois de lê – lo. E isto é extremamente difícil passar em palavras escritas. E realmente me arrependi de não ter lido ele há muito tempo, mas talvez não pudesse ter aproveitado tanto quanto neste momento.

Apesar de o livro ser um romance do século XVIII, com uma linguagem diferente, não é difícil de lê – lo. No princípio, devido às descrições e dos detalhes, é mais lento, porém logo acaba cativando e prendendo atenção. Embora seja na metade do livro para frente que os principais fatos se desenrolam.


O exemplar que eu li, era emprestado, mas meu amor pelo livro foi tanto que comprei um para mim <3 que é o das fotos. Eu comprei pela internet e me surpreendi quando chegou, pois é muito lindo! A capa é dura e esta edição é bilíngue inglês/português.

Nunca li outro livro da Jane Austen, e espero que as minhas próximas leituras sejam tão boas quanto este. E é lógico que recomendo a todos que leiam este livro, é uma leitura fantástica!

"É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro, possuidor de uma grande fortuna, deve estar em busca de uma esposa. Embora pouco conhecidos talvez sejam os sentimentos ou opiniões de tal homem quando ele adentra, pela primeira vez, em uma vizinhança, essa verdade está fixada nas mentes das famílias ao seu redor que ele é considerado a propriedade de direito de alguém ou de uma de suas filhas."

Não se esqueçam de deixar seu comentário!
Beijinhos

4 comentários:

  1. Adorei o post esse livro deve ser bem interessante, mais uma seguidora!
    Beijinhos!
    http://estacoesdosentimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giselly, que bom que gostou!
      Obrigada :)
      Beijos

      Excluir
  2. Esse livro tá na minha lista há tempos, mas são tantas edições lindas que eu não sei qual comprar )))):
    Adorei a resenha. Beijo!

    literarizei.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Eu estava de olho em outra, mas gostei desta por ser bilíngue.
      Que bom! Beijoss

      Excluir

Pin It button on image hover