domingo, 8 de fevereiro de 2015

The Walking Dead: O caminho para Woodbury (Robert Kirkman e Jay Bonansinga)


ISBN: 978-85-01-40187-8
Título Original: The Walking Dead: The Road to Woodbury
Tradução: Joana Faro
Editora/Cidade: Galera Record/Rio de Janeiro
Ano de Publicação: 2013
Páginas: 331
Nota: 3/5




O segundo livro da série The Walking Dead, continuação do livro A ascensão do governador, que já tem resenha aqui no blog, continua a história do terror que tomou conta do mundo: os zumbis, mais conhecidos como "mordedores". 

Tentando lutar para sobreviver, mais sem esperanças para o futuro um grupo de pessoas, sendo homens, mulheres, velhos, jovens, adultos e crianças, que foram se encontrando ao longo dos meses enquanto fugiam, montam a "cidade da tendas", e além de terem que se preocupar com o crescente números de mortos - vivos que atacam o lugar, sabem que o inverno que se aproxima, também é uma grande ameaça.


E podemos perceber que, aquelas pessoas convivendo todos os dias juntos, lutando contra a mesma coisa e com uma só meta na vida: não virar comida de zumbi, eles não se conhecem verdadeiramente. São apenas sobreviventes. 

Não posso contar muito diretamente sobre a história senão darei spoiler do livro anterior, mas direi que, Lilly, uma das sobreviventes, tem um terrível defeito que a cada dia consome mais ela. E um dia poucas pessoas ficam na pequena cidade das tendas, pois os homens saíram para as proximidades em busca de lenha para se prepararem para o inverno. E Lilly fica cuidando de quatro garotas, porém zumbis ataca o lugar totalmente desprotegido e ela tem que decidir entre deixar o medo vencer, ou agir e salvar aquelas garotas. 


Este acontecimento mudará todo o rumo da história, e logo não saberão se estão contra os zumbis ou contra um aos outros. Será que aquela situação precária de vida, o terror iminente, o medo, pode alterar totalmente os sentimentos das pessoas e transforma - las em monstros? Ou todos tem um lado negro escondido que nestas situações é o que mantêm eles vivos?


Se quer saber o por quê da nota que eu dei, explico que, o livro não é ruim, ao contrário, é muito bem escrito, e cumpre a promessa de ser um bom "terror". Porém na minha opinião, achei algumas partes enroladas, e ele não faz muito meu estilo. Achei bem grotesco algumas cenas, mas depois do choque do primeiro livro, já sabia o que esperar deste. Contudo, por incrível que pareça, eu não queria parar de ler, queria saber o final de todo jeito! Vai entender... 

Mas quando consideramos o livro inteiro, a história em geral, chegamos na conclusão que é bom sim. 


Gostaria de saber se alguém mais leu!
Quero muito saber sua opinião!
Beijos

2 comentários:

  1. Oi Renata
    Eu não estou lendo esta série, por isso infelizmente não posso contribuir com minha opinião. É tão difícil escolher que livros ler, afinal, nós amantes de livros queremos sempre ler todos. Mas achei interessante conhecer sua opinião, e se o livro mexeu com você de alguma forma, como disse acima, está cumprindo seu papel.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gisela,
      É sim, o livro cumpre seu papel, na verdade todos eles de alguma forma mexe com a gente, não é?
      Beijos

      Excluir

Pin It button on image hover