domingo, 11 de janeiro de 2015

Para ser feliz...

   


   Quando era ainda estudante, as frases que marcaram sua vida foram: Já decidiu o que quer ser? E quando ela respondia com sinceridade: “Sim, quero ser pintora! Eles torciam o nariz e respondiam como se fossem os mais sábios: “- Você vai ver, acabará mudando de ideia.” “Ainda é jovem, escolherá uma profissão de sucesso.” “Será como o seu pai.” E etc...

   Na época eu não entendia o motivo de ninguém me apoiar. Meu irmão ao contrário de mim era elogiado quando dizia que iria ser advogado. Os anos se passaram e cada vez mais eu me incomodava com as pessoas reclamando do emprego, da vida e não saiam do lugar. A desculpa era sempre a mesma: “Se tivesse mais dinheiro...” Então comecei elaborar uma ideia e percebi que este argumento já não era mais válido.

   Em um mês anotei todas as coisas que mais me deixavam feliz e percebi que não era necessário ser rico para: Passear no parque em uma manhã maravilhosa com o cachorro, pois o dinheiro não compra o dia, nem o amor pelos animais. Sentir o cheiro de café e ter pessoas queridas para abraçar de manhã e agradecer por ela estar ao seu lado. Ser amada e amar. Receber sorrisos de crianças e pessoas que nunca viu. Fazer o dia de uma pessoa muito mais especial. Ser tratada com respeito e educação. Jogar pedrinhas no rio. Dançar na chuva. Colocar a música no último volume e dançar como se não houvesse amanhã. Comer doce e se lambuzar. Cheirar livros novos. Rir de coisas bobas até chorar. Olhar as luzes da cidade à noite. Sonhar. Beber água de canudinho. Fazer caretas. Andar descalço na areia. Fotografar coisas bobas e depois rir delas. Olhar fotos antigas. Ler livros. Correr. Dormir com a chuva batendo na janela. Ouvir o canto de um pássaro...

   Na verdade a lista ficou bem maior, mais deixarei estes exemplos para você refletir nas coisas que te fazem feliz. O dinheiro na verdade é necessário por questões de sobrevivência, e sim, ele também pode trazer felicidade desde que seja bem usado. Mas não faça dele sua prioridade. Lembre – se de amar as pessoas ao seu redor e ser feliz cada minutinho da sua vida.

6 comentários:

  1. Belo texto!
    Temos que fazer o que gostamos, como você disse, dinheiro pode sim trazer felicidade, mas não deve ser prioridade.
    Para quem quiser me acompanhar:
    http://garotadiferentenomundo.blogspot.com.br
    Estou em um processo de reeducação alimentar.
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :)
      Muito bom, você vai conseguir!
      Beijos

      Excluir
  2. Amei o post e o blog Renata! Se puder,dê uma passadinha no meu : www.blogliliduart.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom!
      Pode deixar que vou ver seu blog sim :)
      Beijos

      Excluir
  3. Ótima reflexão. A felicidade está nas pequenas coisas, as coisas mais simples que muitas pessoas não dão valor.
    Beijos

    http://achadosnaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Pin It button on image hover