terça-feira, 12 de agosto de 2014

Um pressentimento funesto (Agatha Christie)


ISBN: 85-01-15565-9
Título Original: By the Pricking of my Thumbs
Tradução: Milton Person
Editora/Cidade: Nova Fronteira/Rio de Janeiro
Páginas: 228
Nota: 5/5

Envolver – se em tramas perigosos é uma especialidade do casal de aventureiros Tommy e Tuppence Beresford. Desta vez, durante uma visita a um asilo de senhoras, Tuppence vê um quadro que retrata uma casa que não lhe parece totalmente estranha. Lá, também conhece uma anciã que lhe fala de um menino morto escondido em uma chaminé. Pouco depois, a velha senhora abandona o asilo sem dar qualquer explicação. Disposta a descobrir o paradeiro dela, Tuppence decide encontrar a casa misteriosa e acaba deparando – se com um assassino perverso.


     O livro conta sobre o casal Tommy e Tuppence que na mocidade tiveram muitas aventuras perigosas,e apesar de já estarem mais velhos ainda assim tem a disposição de gente nova. Tommy resolve ir visitar sua tia Ada em Sunny Ridge, um asilo muito bem visto, e nesta visita Tuppence encontra Mrs. Lancaster, uma delicada velha de cabelos brancos e rosto rosado. Mrs. Lancaster se mostra muito amável com ela, e lhe faz uma pergunta que a deixa muito encabulada: “– A coitadinha era sua filha?”, em seguida conta uma confusa história sobre uma menina enterrada na lareira.


     Tuppence e Tommy acabam voltando para o asilo por causa de a tia Ada ter falecido e descobrem que Mrs. Lancaster foi embora sem deixar endereço, apenas um quadro para tia Ada. Tommy tinha outras coisas para resolver e tem que passar uns dias fora de casa, enquanto isso, Tuppence que reconhece a casa do quadro deixado pela Mrs. Lancaster e decide ir ve – la, e tentar encontrar a velha antes que algo ruim aconteça.

      Então ela começa uma pequena investigação pelo lugarejo, sem imaginar que o assassino está mais perto do que imagina, logo descobre que a casa não é tão linda como imaginava e que o lugar tem má fama.


     O livro é dividido em quatro partes, sendo a primeira parte a visita à Sunny Ridge, e quando Tuppence conhece Mrs. Lancaster, e logo em seguida a morte de tia Ada e o desaparecimento da velhinha. A segunda parte é quando Tuppence encontra a casa do quadro e começa investigar as cidades vizinhas. A terceira parte é a volta de Tommy para sua casa e descobre que Tuppence ainda não chegou, e a quarta parte é as descobertas finais.

      A personagem que mais me chamou atenção, não aparece muito na história, mais tem um papel importante. Não posso contar sobre as características dela, porque iria soltar spoilers, mas se vocês lerem o livro saberá quem é ela.


Este livro me surpreendeu pelo por ser um pouco diferente dos outros que eu li da autora, com um tema sobre crianças, mas sempre envolvendo mistérios e crimes. Somente no final, desvenda todas as perguntas em aberto, mas para entender, tem que prestar muita atenção aos fatos que vão acontecendo no decorrer da história.

“Passa passará, o de trás ficará, a porteira está aberta para quem quiser passar”.
 O que vocês acharam?
Comentem!
Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pin It button on image hover