sábado, 30 de agosto de 2014

O Último Olimpiano (Rick Riordan)


ISBN: 978-85-98078-90-8
Títluo Original: The last Olympian
Tradução: Raquel Zampil
Editora/Cidade: Intrínseca/ Rio de Janeiro
Ano de Publicação: 2010
Páginas: 383
Nota: 5/5


 “Os meios – sangues passaram o ano inteiro preparando – se para a batalha contra os titãs, e sabem que as chances de vitória são pequenas. O exército de Cronos está mais poderoso que nunca, e cada novo deus ou semideus que se une á causa confere mais força ao vingativo titã.
Enquanto os olimpianos se ocupam de conter a fúria do monstro Tifão, Cronos avança em direção de Nova York, onde o Monte Olimpo está precariamente vigiado. Agora, apenas Percy Jackson e seu exército de heróis podem deter o Senhor do Tempo.
Neste aguardado desfecho da série, o combate que pode acarretar o fim da civilização ocidental ganha as ruas de Manhattan, e Percy tem a terrível sensação de que sua luta, na verdade, é contra o próprio destino. Revelada a sinistra profecia acerca do décimo sexto aniversário do herói, ele enfim encontra seu verdadeiro caminho”.



            A guerra só estava começando, e o deus dos titãs cada vez mais se fortalecia com seu exército do mal.
Percy Jackson mais uma vez deixa a família para ir a uma missão, e apesar de terem conseguido adiar o problema, não teve o resultado esperado, pois eles haviam sido enganados por um espião no acampamento meio – sangue, mas Percy tentou não se preocupar com isso, pois precisavam se manter unidos para vencer, e desconfiança naqueles momentos, seria prejudicial.


            As destruições abalavam todo o mundo ocidental, e até os mortais, que por causa da névoa não viam que eram monstros os causadores das catástrofes.
Os deuses estavam ocupados, tentando em vão destruir Tifão, o pior monstro de todos os tempos, Poseidon cuidava de sua própria batalha contra o titã do mar e o Monte Olimpo estava a mercê de Cronos, restando os semi – deuses, que sem chances nenhuma se uniram para defendê – lo.


       Percy Jackson é escolhido para liderar esta batalha, e precisa enfrentar vários desafios, muitas vezes ele acaba ficando confuso, mas ao lembrar-se de seus amigos e naqueles que sempre o ajudou, faz escolhas certas, mas ainda tem a perigosa escolha da profecia do Oráculo, de setenta anos atrás, que Percy finalmente a lê inteira, a profecia é:

“Um meio – sangue, dos deus antigos filho,
Chegará aos dezesseis apesar de empencilhos
Num sono sem fim o mundo estará
E a alma do herói, a lâmina maldita ceifará
Uma escolha seus dias vai encerrar
O Olimpo preservar ou arrassar”.


Rachel Dare, amiga de Percy Jackson, também terá um papel importante nesta história. E conforme vai acontecendo os fatos, vai esclarecendo muitas coisas dos livros anteriores, e até mesmo sobre o passado deles.
E acho que nem preciso dizer que tem mais romances por vir!
Este sinceramente é o meu livro preferido da série, desde o começo até o final tem muita, mais muita ação, e apesar de ter cenas bem tristes, existem cenas que não tem como não rir. 


A estrutura da narrativa e a evolução da história desde o primeiro livro me lembraram bastante a saga de Harry Potter. Rick Riordan conseguiu criar uma obra fantástica, e posso dizer que mudou minha visão sobre mitologia.
Ao terminar de ler este livro me senti muito triste ao lembrar que este foi o último da Série Percy Jackson e os Olimpianos. 


Uma vez eu o adverti, Percy Jackson, de que para salvar um amigo você destruiria o mundo. Talvez eu estivesse errada. Parece que você salvou tanto seus amigos quanto o mundo." 
Atena

Gostaram?
Cometem!
Beijos


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pin It button on image hover