terça-feira, 27 de maio de 2014

Fahrenheit 451 (Ray Bradbury)


Comecei a ler este livro por indicação de uma professora, já tinha ouvido falar nele, mas nunca tinha me interessado, até saber do que a história se tratava.

O nome é Fahrenheit 451 porque é a temperatura na qual o papel do livro pega fogo e queima. Uma distopia, onde a sociedade vivia sob um governo totalitário e livros ou opiniões próprias eram proibidos, então os bombeiros queimavam bibliotecas e a casa de quem possuísse livros.

O livro é dividido em três partes, Guy Montag, cumpria a sua função como bombeiro corretamente, gostava de ver a labaredas transformar os livros em cinzas. Uma noite, voltando para sua casa encontra sua nova vizinha, uma jovem chamada Clarisse McClellan, a partir desta noite e das próximas que tem breves conversas com ela, sua vida e seu trabalho começa não fazer mais sentido.

Mildred, esposa de Guy, era totalmente ao contrário de Clarisse, uma mulher vazia que ficava o dia inteiro com uma radioconcha no ouvido, vendo a família através das enormes telas de televisão nas paredes de sua casa e tomava várias pílulas para dormir, quase se suicidando. Os dois eram tão distantes que dormiam em camas separadas, raramente conversavam e nem se lembravam de como haviam se conhecido.

Em uma denúncia ocorreu algo diferente, a velha senhora se recusou sair de sua casa e foi queimada junto com os livros, Guy acabou roubando um livro e no outro dia acordou muito doente. Não conseguia entender por que tinha pessoas que preferiam morrer com os livros se eles eram tão ruins? Até que ele começa a entender que os livros eram bons o suficiente para mostrar que as pessoas eram infelizes...


Não vou contar mais senão acabo contando tudo, mas enquanto eu ia lendo comecei imaginar todas as bibliotecas do mundo sendo queimadas... Como isso dói o coração!


A edição que eu li é da editora globo e tem 215 páginas.

Nota: 4/5

Para quem gosta de livros no gênero de distopias, recomendo também o livro Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley.


Alguém já leu algum dos dois?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pin It button on image hover